Prioridades

Leave a comment

Há cerca de um ano, vivi um dos mais tristes períodos da minha vida. Eu, que já estava uns bons 7 quilos acima de meu peso normal, vi a balança disparar e me mostrar números que eu nunca imaginei que fosse ver ao olhar pra baixo no silêncio acusador de meu banheiro.

As opções de roupa em meu armário foram diminuindo, conforme o peso ia subindo. Hoje é uma tortura abrir aquelas portas e ver peças que eu amo – que não passam de meus joelhos ou não fecham.

O peso aumentado não foi a única surpresa desagradável de minha depressão. Minha pele ficou toda cheia de erupções e meu cabelo começou a cair de forma acentuada. Eu estava triste e meu corpo me dizia que estava sentindo essa mudança dentro de mim.

Depois de meu período de luto (que todas as pessoas deveriam aprender a respeitar quando algo ruim acontece em suas vidas), decidi fazer uma série de mudanças, mas determinei que isso acontecesse de forma gradual.

Coloquei tudo aquilo que queria mudar com mais urgência em uma lista e defini minhas prioridades. Para facilitar a execução do meu plano, escolhi mexer primeiro naquilo que seria (teoricamente) mais fácil.

Comecei a cuidar dos problemas de pele, me policiei para não esquecer o filtro solar fator 70 e vi meu rosto voltar aos poucos à sua aparência normal – embora algumas manchas persistam e o tratamento continue.

Tomei um remédio para cabelos que fez a queda parar e, voilà, acelerou o crescimento, deu brilho e força aos fios (prometo falar dele aqui para vocês), mas como efeito colateral fez crescer os pelos de minhas sobrancelhas que há muito tempo eu tirava de modo errado e onde existia uma maquiagem definitiva que – eu descobri de repente – não estava no lugar certo. Por sorte, caí nas mãos de uma profissional extremamente qualificada que apagou a maquiagem anterior e desenhou novas sobrancelhas seguindo meu traçado natural (também prometo falar dela aqui na página eu indico).

O peso foi deixado para o final, claro. É a parte mais difícil para mim e sei que muitas pessoas entendem do que estou falando. Apesar de estar morrendo de medo de fracassar, decidi que a virada para 2013 e a chegada dos 41 anos seria o momento ideal para colocar em prática a parte mais delicada de meu plano.

Este blog será meu diário nessa aventura que eu espero poder celebrar como uma vitória daqui a exatamente 365 dias, um ano.

Um grande abraço a todos aqueles iniciam essa jornada comigo e me acompanham por aqui.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s