Desafio 365 dias: água alcalina ionizada

28 Comments

Desde que comecei a mudar minha dieta alimentar e meus hábitos para melhorar minha qualidade de vida, uma das principais coisas em que coloquei uma atenção maior foi na água que tomo.

Um dos posts mais acessados do blog é exatamente o que ensina alguns truques para alcalinizar a água caso você não possua um aparelho que faça isso para você. Usei muito limão e bicarbonato para alcalinizar o meu corpo mas, confesso, minha vontade era testar um desses super filtros importados que transformam a água em um verdadeiro agente de saúde integral.

Filtro Purion BMT 501T: modelo que vai ser alvo do teste

Filtro Purion BMT 501T: modelo que vai fazer parte do teste

Agora isso vai acontecer. Fui desafiada pela marca de filtros Purion a testar o aparelho que além de alcalinizar, ioniza a água, e vou contar pra vocês aqui no blog tudo o que acontecer comigo durante o Desafio 365 dias de água alcalina ionizada. A ideia é consumir a mesma quantidade que costumo tomar todos os dias (cerca de 1,5 a 2 litros) e usar a água para preparar a comida, além de testar outras funções do filtro, que também fornece água ácida para higienizar frutas/verduras/legumes, por exemplo.

O filtro é certificado pelo INMETRO e os laudos (que eu vi antes de aceitar fazer o teste) comprovam a filtragem de 99,28% do cloro (que é adicionado nas estações de tratamento de água para conter epidemias de bactérias como E. Coli) e 99,60% das partículas suspensas (leia-se sujeira) que vem da água que recebemos pelo encanamento. Ou seja, além de alcalinizar e ionizar a água, ele ainda filtra melhor que muitos outros aparelhos disponíveis no mercado.

A verdade é que a oferta abundante de água no Brasil – pelo menos por enquanto, pois parece que as coisas estão mudando – faz com que as pessoas prestem pouca atenção à qualidade da água que bebem. Em países orientais, como Japão e Coréia (de onde vem o filtro Purion), o sistema que alcaliniza/ioniza a água é bastante utilizado não somente nas residências, mas também pelo sistema de saúde local que considera esse tipo de água como medicinal – com benefícios de uso na prevenção e tratamento de doenças já confirmado.

Vou contando pra vocês conforme for usando e verificando os resultados. Os posts serão publicados sempre às quartas-feiras, com um resumo sobre minhas descobertas, impressões e tudo o que aconteceu na semana anterior.

Vamos lá! :)

::::::::

Leia também:

Advertisements

28 thoughts on “Desafio 365 dias: água alcalina ionizada

    • Olá, Maria Goreth, tudo bem?

      Como ele é um filtro caro, a empresa que importa o produto tem um sistema de pagamento mensal em sistema de leasing, ou seja, depois de alguns anos pagando uma mensalidade super atrativa, o filtro passa a ser seu. Entre em contato com eles. Veja no site: http://aguaionizadapurion.com.br :)

      Abs!

    • Olá, Panzer, o sistema do filtro é como um leasing: você paga um valor mensal e depois de um tempo o filtro passa a ser seu. Esse foi o modo que eles encontraram para que fosse mais viável oferecer o filtro porque o valor de compra é um pouco alto. Sim, é preciso trocar os refis internos de tempos em tempos. Para saber mais detalhes, entre em contato com o pessoal da Purion: http://www.aguaionizadapurion.com.br/contato/ Abs!

  1. Olá, já se passaram os 365 dias ? Qual a conclusão ? Quais resultados efetivos ? Obrigado e abraços

  2. Eu tenho lá minhas dúvidas. O fato é que estudos científicos indicam que existem diferentes Terrenos Biológicos na Humanidade terrestre, dito isto os caucasianos têm um terreno biológico alcalino oxidado e precisam acidificar o corpo para contrastar e viver melhor e em saúde, ao contrario o terreno biológico dos asiáticos, coreanos e japoneses (os descobridores desse tipo de filtro), é mais reduzido e se querem viver melhor devem alcalinizar o corpo. Talvez o que contribuiu para que os caucasiano necessitem tanto quanto eles alcalinizar o corpo é não haver uma alimentação saudável, não praticar esportes, dormir pouco e ter vícios…

  3. Oi Monica,
    Estou´pesquisando sobre um filtro que venda aqui no Brasil e que produza agua ionizada. Vi que a Purion que tem sede em SP e já entrei em contato. Pergunto se além desta empresa vc sabe de mais alguma para que eu possa fazer a cotação dé preço?
    Grata!

    • Olá, Márcia, tudo bem? Fico feliz em saber que mais e mais pessoas se interessam em filtros que purificam e ionizam/alcalinizam a água. Infelizmente, como não testei nenhum outro não tenho como indicar. Bjo gde e obrigada por acompanhar o blog! :)

  4. Monica, gostei muito da tua página e dicas. Inicialmente “cai” aqui porque estava procurando sobre como alcalinizar a agua que consumimos, li sobre o que você sugere usando Bicarbonato de Sódio. Comecei a pesquisar na internet sobre o melhor filtro de agua e que alcaliniza. E isso me levou de novo a tua página,rss.
    Realmente esse filtro que ioniza a água de forma elétrico é bem mais prático que aqueles filtros que são como grandes galões de água, por outro lado, além de ser mais caro, fiquei com uma grande dúvida: sempre que sai agua alcalina também tem uma saída de água para água ácida, não seria um inconveniente ter que ficar sempre coletando, e se não usar (no meu caso acho que nunca vou usar) não seria um enorme desperdício de agua ainda mais numa época de economizar e racionar agua?? Gostaria muito de saber tua opinião e experiência. Obrigada!

    • Que bom que você “caiu” aqui, Suzana. :)

      Sim, sempre que sai água alcalina pela saída principal, sai água ácida pela segunda saída, que é uma mangueirinha direcionada para a minha pia. No meu caso, coleto praticamente todas as vezes, pois utilizo a água ácida para a limpeza de verduras, legumes e frutas. Precisa ter um pouco de planejamento, mas pra mim tem dado super certo. E devo fazer um post no futuro falando especificamente desse uso da água ácida como agente de purificação da comida (é impressionante ver como os alimentos se conservam frescos por mais tempo).

      Obrigada por passar e deixar o seu comentário. Acredito que algumas pessoas tenham a mesma dúvida que você. Abs!

  5. Olá Mônica, conheci seu blog hoje. Mt bom, meus parabéns!
    A propósito da água alcalina, estou pesquisando o tema e é mais vasto que pensava. Além da questão da alcalinidade/ionização, tem também a magnetização da água, de forma a diminuir uns tais “clusters”, bem como a questão da tensão superficial, da ionização com Magnésio e Cálcio, água Pi, etc. Encontrei uma linha de magnetizadores na internet. Prometem maravilhas com esta tal magnetização, inclusive com vídeos impressionantes disponíveis no youtube.

    • Olá, Mauro, que bom saber que o blog agradou! Fico muito feliz. Agradeço pela dica sobre os magnetizadores, vou pesquisar. Mas o filtro que estou testando também tem o efeito de diminuir as células da água para que ela seja melhor absorvida pelo organismo. Sensacional essas novas tecnologias, não é mesmo? :)

  6. Boa noite Mônica
    Vou acompanhar suas notícias do purificador, há tempos me interesso por eles
    Qual e o custo dele?

    • Olá, Juliana! Seja bem-vinda. Espero que aproveite bem as informações dos posts do desafio. :)

      Existem algumas formas diferentes de ter o purificador. Por favor, entre em contato com a Purion por meio do site para que eles possam informar a você direitinho inclusive sobre a viabilidade de instalação na região onde você mora.

      Abs!

  7. Oi Monica. Estou na torcida, até pq encontrar água boa em SP/SP esta ficando cada dia mais impossível. O problema é o valor destes filtros, o preço tbm acaba com nossa saúde.. kkkk vamos acompanhando…. um abraço.

    • É verdade, Marcelo. Que medo desses novos tempos em que vivemos! O legal do sistema deles é que você não precisa necessariamente comprar o filtro. E acaba saindo mais barato do que tomar água engarrafada. Se você for de SP (eles ainda não conseguem atender outras cidades) ,vale a pena conhecer. Eu mesma me animei para continuar com o filtro depois que o teste terminar (agora não quero ficar nunca mais sem ele! rsrsrs). Abs!

    • Fica caro porque o INMETRO cobra 40.000,00 para certificar o aparelho que já é certificado mundialmente no exterior. Quando comprado fora do Brasil custa bem menos.

      • Os testes do INMETRO são realmente muito caros, Walmir. Aliás tudo por aqui é caro quando se coloca os impostos praticados e as burocracias existentes, infelizmente. Mas achei o sistema do pessoal da Purion muito interessante. Estou fazendo o teste com o filtro deles (como você pode ler no post) e gostando muito. :)

  8. Que ótimo, Monica, tomara que dê tudo certo e ficamos no aguardo das novidades. Ab. José Carlos.

    ________________________________________

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s