Caminhar é super alimento do mundo fitness, diz estudo

2 Comments

Talvez caminhar não esteja tão na moda quanto o CrossFit, não seja tão sexy quanto corridas de aventura e não eleve tanto o ego quanto um Ironman, mas para os experts em fitness – que enfatizam o movimento diário e uma vida ativa como sendo mais importantes do que treinos intensos e atletas de fim de semana – a caminhada é uma super star.

Para a cientista Katy Bowman, que escreveu o livro “Move your DNA: Restore your health through natural movement” (Mova o seu DNA: restabeleça sua saúde através do movimento natural, em tradução livre, sem edição em Português), andar é um imperativo biológico como se alimentar. Ela sugere que existem movimentos que nutrem, assim como existem nutrientes alimentares, que o corpo precisa. “Caminhar é um super alimento. É o movimento que define o ser humano“, diz Bowman, biomecânica baseada em Ventura, no estado americano da Califórnia. “É muito mais fácil se manter em movimento do que ir se exercitar.”

“Ativamente sedentários é uma nova categoria de pessoas que se exercitam por uma hora todos os dias mas passam o restante do seu dia sentados, sem se movimentar para quase nada”, diz ela. “Você não pode compensar 10 horas completamente parado com uma hora de exercícios”.

Em 2013, pesquisadores da University of Texas School of Public Health perguntaram a 218 maratonistas e meio-maratonistas como eram seu treinamento e seu tempo sentados. A média de treinamento era de 6,5 horas por semana e a média de tempo sentado era de 8 a 10,75 horas por dia, sugerindo que os corredores de distâncias menores eram ao mesmo tempo mais sedentários e ao mesmo tempo mais ativos.

Segundo Leslie Sansone, criador de um DVD que incentiva a adoção da caminhada como método para melhorar a qualidade de vida, muitas pessoas acreditam que passar horas gemendo na academia é a única maneira de ter um bom condicionamento físico. “Existe uma ideia de que se você não está, como no The Biggest Loser (reality show americano em que participantes bastante obesos disputam quem fica mais fit em alguns meses), vomitando e chorando, você não está ficando fit”.

Um outro estudo, agora com homens não obesos, publicado por cientistas da Indiana University no jornal Medicine & Science in Sports and Exercise, sugere que sessões de 5 minutos de caminhada realizados a cada hora que se vai ficar sentado (quando o tempo sentado é maior do que 3 horas) conseguem reverter os efeitos nocivos de ficar muito tempo parado para as artérias das pernas. Três quilômetros por hora é um bom começo, gradualmente aumentando até chegar a uma velocidade de aproximadamente 10 km/h, ou seja, uma caminhada bem acelerada.

Segundo a Dra. Carol Ewing Garber, presidente do American College of Sports Medicine (ACSM), a indicação de 10 mil passos por dia talvez seja muito alta para a maioria das pessoas. O mais correto seria colocar a média ideal em 7.500 passos. A recomendação da ACSM é de 150 minutos de atividade física por semana. Dra. Garber, que é professora de Ciências do Movimento da Columbia University, em Nova York, acrescenta que a pesquisa sugere que até mesmo uma curta e rápida sessão de exercícios provoca efeitos fisiológicos benéficos. Mas ela admite que a caminhada não faz tudo. É menos benéfico para os ossos do que correr, e para a força, é melhor levantar pesos. “Ainda assim,ela disse, “Se você tiver que escolher entre elas, deveria ficar com a caminhada.

[Matéria original em inglês]

::::::::

Leia também:

 

 

Advertisements

2 thoughts on “Caminhar é super alimento do mundo fitness, diz estudo

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s