14 remédios simples e naturais para ficar mais bonita

Leave a comment

Existem pequenos “segredos” de especialistas que ajudam a ficar jovem e saudável, prevenir doenças e melhorar mais rápido de enfermidades quando elas aparecem. Tudo muito simples e natural – qualquer pessoa pode se beneficiar. Coloque em prática e observe os resultados!

Reduza rugas comendo peixe
De acordo com pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, a chave para ter uma pele sempre jovem está em se comer cerca de 170 gramas de peixe, três vezes por semana. Isso irá reduzir rugas e flacidez em 30%. Os peixes estão repletos de proteínas, minerais e gorduras ômega-3 – nutrientes que alimentam o colágeno e os músculos que mantém a pele macia e firme. O destaque vai para o salmão por ser também rico em astaxantina, um antioxidante que reduz linhas finas e rugas.

Combata a fadiga com chá verde
Beber chá verde ajuda a se manter energizado e focado com a vantagem de não causar agitação e nervosismo como quando se ingere café. O chá verde possui compostos que ajudam o cérebro a utilizar o açúcar presente no sangue como combustível e estimula a produção de hormônios energizantes, as endorfinas, segundo pesquisadores americanos da Universidade de Davis, na Califórnia. Beba duas a três xícaras por dia.

Se cure com música
Uma revisão de 14 estudos descobriu que os pacientes que ouviram uma hora de música suave todos os dias se recuperaram de lesões mais rapidamente. Eles também exigiam 25% menos analgésicos para a dor. O motivo? Escutar música em um ritmo relaxante reduz a produção dos hormônios prejudiciais do estresse, além de relaxar as artérias, melhorando o fluxo sanguíneo que leva nutrientes para os locais lesionados o que ajuda na reparação mais rápida dos tecidos. Segundo os estudiosos, a música toca e cura quase todas as células do corpo. Da próxima vez que se sentir mal, coloque algo calmo para tocar, feche os olhos e relaxe por cerca de uma hora.

Mate vírus com mel
O mel não pasteurizado é cheio de antibióticos naturais e enzimas curativas. Ingerir pequenas quantidades quando se está doente pode diminuir em até três dias o tempo de recuperação, segundo especialistas da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos. Suas propriedades tem destaque para combater complicações resultantes do clima frio, como gripes e resfriados. Duas colheres de chá ao dia são suficientes para acalmar dores de garganta, tosse e acelerar a recuperação de um adulto. Melhor do que qualquer medicamento.

Relaxe com chocolate amargo
Esse lanche de dar água na boca é rico em flavonóides, compostos que relaxam e abrem as artérias que enviam sangue rico em oxigênio para o cérebro – o que aumenta a memória, a concentração e o foco durante cerca de duas horas após sua ingestão. Mas é preciso tomar cuidado: pelo menos 80% dos chocolates encontrados nos supermercados hoje em dia têm alto teor de açúcar e muito pouco cacau, o que diminui muito o teor de flavonóides. A dica é comprar sempre barras que possuam mais de 70% de cacau em sua formulação e ingerir de 30 a 60 gramas por dia.

Eleve seu humor com vitamina D
Cerca de 80% das mulheres sofrem falta de vitamina D, segundo médicos da Universidade de Boston, nos Estados Unidos. Isso acontece principalmente pela falta de exposição frequente à luz solar direta. E deficiências dessa vitamina diminuem a capacidade do cérebro de produzir serotonina, o que pode levar a estados de tristeza ou mesmo à depressão. A boa notícia: tomar cerca de 2000 UI de vitamina D diariamente em forma de suplemento pode corrigir esse déficit em menos de dois meses. Uma semana depois de iniciar a ingestão já é possível sentir os efeitos da melhora.

Acabe com a ansiedade com respiração abdominal
O uso da respiração profunda abdominal é milenar e um dos preceitos básicos do yoga. É uma das formas mais simples e eficazes de combater o estresse e a ansiedade. Experimente: inale devagar e profundamente pelo nariz contando até sete, permitindo que seu estômago relaxe e se expanda enquanto faz isso. Prenda a respiração contando até quatro e vagarosamente expire pela boca contando novamente até sete. Repita o processo até que você se sinta relaxado. De acordo com pesquisadores canadenses,a respiração abdominal freia a produção do hormônio do estresse diminuindo a ansiedade em 63% após apenas um minuto.

Eu sou prova de que isso funciona e uso muito. É impressionante, sempre funciona.

Aumente a memória com açafrão
Está começando a se sentir um pouco esquecido? Adicionar açafrão à sua dieta pode aguçar a sua memória em 30% ou mais, sugere um estudo publicado pelo Journal of Neurochemistry. O ingrediente ativo da cúrcuma – a curcumina – é um dos mais poderosos antioxidantes nutritivos do cérebro já descobertos. Adicione 1/4 de colher de chá nas refeições quatro vezes por semana. Fica delicioso no atum, no arroz e em pratos com frango.

Melhore sua imunidade com legumes e verduras
Legumes e verduras são ótimos para prevenir doenças de todos os tipos. Cenouras, pimentões e pimentas, batata doce, couve – eles são campeões no aumento da imunidade. Quanto mais colorido o prato, melhor. Isso porque é no pigmento da planta que estão os nutrientes que deixam o trato respiratório saudável (evitando que os vírus possam se fixar no organismo) e aumentam a produção  de células do sistema imunológico que combatem as doenças. Comer duas xícaras por dia, misturando ingredientes, pode reduzir o risco de se adoecer pela metade, dizem pesquisadores da Universidade da Califórnia, em Los Angeles.

Fortaleça seu coração com nozes
Desfrutar de 1/3 de xícara de nozes por dia pode cortar o risco de um ataque cardíaco pela metade e adicionar quase três anos de vida saudável para sua vida, dizem pesquisadores da Universidade da Califórnia, em Los Angeles. Isso porque essas delícias crocantes são uma das mais ricas fontes naturais de gorduras monoinsaturadas com propriedade de curar artérias. Consuma como lanche entre as refeições.

Perca peso com um bambolê
Nas primeiras tentativas pode parecer difícil, mas depois de algumas semanas, se você insistir, a prática do bambolê pode ajudar – e muito! – a eliminar as gordurinhas localizadas principalmente na região da cintura. Simples de usar, é possível bambolear enquanto se assiste tevê, por exemplo. Com 10 minutos, duas vezes ao dia, já se consegue bons resultados.

Previna picos de açúcar no sangue com canela
De acordo com pesquisadores do USDA, acrescentar 1/2 colher de chá de canela em sua dieta diária pode melhorar o controle do nível de açúcar no sangue em 20% ou mais – pois a substância diminui a absorção de carboidratos no intestino delgado. As oscilações dos níveis de açúcar no sangue causam fortes desejos por doces, o que acaba se transformando em um círculo vicioso. A adição de canela ajuda a diminuir a sensação de fome, evitando que se fique beliscando e desincha.

Diminua dores com cochilos
Pelo menos 67% dos mulheres irão lutar com dores de cabeça, dores nas costas, nas articulações ou outras dores somente este ano. No entanto, estudos da Universidade de Cornell sugerem que dormir um pouco mais pode diminuir o desconforto pela metade em apenas um mês. Dormir bem aumenta a produção do hormônio do crescimento (GH) que reduz a inflamação e acelera a cicatrização de tecidos danificados. Oito horas de sono são suficientes para prevenir dores. Em semanas onde isso não for possível, tente cochilar alguns minutos depois do almoço ou à tarde, de preferência antes das 15h.

Desligue os desejos por doces com aperitivos de frutas
Quando bater aquela vontade de atacar um doce, comece ingerindo alguns pedaços de fruta. Normalmente isso é suficiente para desligar o desejo de comer algo doce mais calórico e menos saudável. A recompensa: os antioxidantes curativos das frutas não só protegem contra doenças cardíacas e câncer, mas também conta o envelhecimento do cérebro, além de manter sua pele com a aparência até seis anos mais jovem, dizem pesquisadores da Universidade de Cornell.

Além de todas essas dicas super simples, não esqueça de perguntar ao seu médico de confiança quais são os segredos dele para se manter saudável.

E aí, mamain, você percebeu como eu fiquei mais bonita e saudável?

E aí, mamain, você percebeu como eu fiquei mais bonita e saudável?

Fonte: iVillage

::::::::

Leia também:

Advertisements

5 motivos para dormir bem e o que isso significa

Leave a comment

Dormir é atividade preferida de boa parte das pessoas. Principalmente daquelas que têm boas noites de sono. Existem muitas razões para que isso aconteça – todas elas relacionadas aos benefícios que recebemos em troca ao dormir bem.

Mas o que é ter um sono reparador? A ciência mostra que dormimos em ciclos de sono compostos por cinco estágios que variam durante a noite categorizados em graus de intensidade. O estágio 1 é classificado como leve e pouco reparador, pois os músculos, embora parados, ainda não estão relaxados. No estágio 2, um pouco mais profundo, a temperatura do corpo começa a baixar, respiração e batimentos cardíacos desaceleram. O verdadeiro descanso inicia a partir do estágio 3, quando o cérebro começa a gerar ondas delta, mostrando que entrou em fase de recuperação. O próximo estágio, com alta produção de ondas delta, é o mais profundo de todos, com respiração ritmada e muito pouca atividade muscular, ou seja, ficamos mais parados, sem muita movimentação na cama – é nessa fase que o organismo realmente se repara das atividades físicas e mentais que realizamos. No estágio 5, reconhecido pelo rápido movimento dos olhos – é o momento em que acontecem os sonhos, os batimentos cardíacos aumentam um pouco e por isso não é considerado um estágio reparador. Quem já passou a noite toda sonhando sabe que quando isso acontece as chances de se estar mais cansado ao acordar do que quando se foi dormir são altas.

Os ciclos duram em média uma hora e meia, se repetindo durante o tempo em que dormimos. E é por esse motivo que se recomenda períodos de 3 horas (dois ciclos completos) como parâmetro para se escolher a hora de acordar. Dessa forma, o corpo pode ser despertado quando se está em sono leve – segundo especialistas é o melhor momento. Normalmente, é melhor dormir 6 horas do que 7, ou 9 horas do que 10.

Para entender melhor o seu sono sem precisar fazer exames complicados em institutos especializados eu recomendo (porque uso e gosto muito) o aplicativo para celular chamado Sleep Cycle. Ele é gratuito e, colocado no colchão à noite, mede o nível de atividade muscular e a partir dessa informação identifica os ciclos de sono, acordando o usuário no momento em que seu sono está mais leve e dizendo qual foi a qualidade de sua noite em percentagem ao analisar se o sono foi profundo o suficiente para descansar o corpo e a mente. Além disso, é possível inserir notas personalizadas como “fiquei até tarde no computador“, “comi antes de deitar“, “crise alérgica“, “fui treinar hoje” (ou o que você quiser) para serem marcadas antes de acionar o aplicativo – depois de alguns dias além de analisar o sono, ele cruza as informações e diz quais delas são boas e quais são ruins para aquele usuário em questão.

This slideshow requires JavaScript.

Outra dica baseada na fisiologia humana é que é mais fácil ter um sono reparador quando os estágios mais profundos do primeiro ciclo de sono acontecem entre 23h e 2h. Para isso é preciso estar na cama, para dormir, no máximo às 22h30. Nada de ficar noite afora vendo tevê ou ter como rotina baladas noturnas. Você pode até dormir muitas horas quando voltar, mas não vai ser a mesma coisa.

Agora, depois de entender como a coisa toda funciona, que tal descobrir ou relembrar (pra quem já sabe, mas não pratica!) 10 bons motivos para prestar mais atenção à qualidade das horas que você passa reparando seu organismo?

  1. Deixa você mais bonita. Sabe aquilo que sua avó chamava de “sono de beleza”? Não é lenda. Quem dorme melhor fica com uma aparência mais descansada. Sem o período reparador, o corpo produz hormônios que são associados ao estresse, causando palidez, aumento das rugas, olheiras e inchaços – e se acelera a produção de radicais livres, os responsáveis pelo envelhecimento precoce. Ao mesmo tempo deixa de liberar o GH, hormônio do crescimento, que em adultos evita a flacidez e promove a renovação dos músculos.
  2. Emagrece. Não é mito. O maior gasto calórico que acontece enquanto estamos dormindo é causado pela regeneração do cérebro. Esse mocinho é uma verdadeira caldeira de energia, responsável por 20% de todo o seu gasto diário de calorias – boa parte delas durante seu processo de manutenção noturno. Mas para isso é preciso chegar ao estágio mais profundo de sono (aquele mais reparador, lembra?) várias vezes durante a noite, se não nada feito. Pra piorar, quem dorme mal fica com o metabolismo lento, o que ajuda no acúmulo de gorduras localizadas, e come mais no dia seguinte, pois não consegue metabolizar o hormônio leptina, que controla o apetite. Um estudo da Case Western Reserve University, nos Estados Unidos, mostrou que mulheres que dormem cinco horas ou menos por dia têm 32% mais chances de engordar quando comparadas a outro grupo, habituado a dormir cerca de sete horas diárias;
  3.  Melhora o humor. Dormir bem diminui a produção de cortisol, hormônio liberado em situações de estresse e associado a uma descarga de glicose na corrente sanguínea, deixando as pessoas mais tranquilas e aumentando por consequência o bom humor. As dificuldades do sono trazem cansaço, irritação e ansiedade;
  4. Facilita o aprendizado e potencializa a memória. Durante o descanso, ocorre a síntese de proteínas responsáveis pelo desenvolvimento das conexões neurais, melhorando habilidades como memória e aprendizado. À noite o cérebro faz uma varredura nos dados acumulados, descartando os supérfluos e guardando os importantes. Também é durante o sono que fixamos o que aprendemos – por isso quem dorme mal, geralmente, sofre para se lembrar de coisas simples, como episódios ocorridos no dia anterior ou nomes de pessoas próximas;
  5. Aumenta a expectativa de vida. Um estudo realizado pela American Academy of Sleep Medicine (Academia Americana de Medicina do Sono) mostrou que dormir bem é um dos segredos para viver mais. Ao analisar 2.800 pessoas, foi comprovado que entre os 65% que relataram qualidade de sono boa ou muito boa, com tempo médio diário de sono de 7,5 horas (incluindo cochilos), os mais velhos eram maioria. Aqueles com 100 anos ou mais, eram 70% mais propensos a uma boa qualidade de sono do que os participantes mais jovens, de 65 a 79. A insônia, por sua vez, aumenta em três vezes os riscos de morte em comparação com quem dorme boas horas de sono, segundo pesquisa do americano National Heart Lung and Blood Institute (Instituto Nacional do Pulmão e do Sangue), com mais de duas mil pessoas.

Como se vê (ou lê, se você preferir ser mais assertivo), sua beleza e, principalmente, sua saúde podem dar um alto salto em qualidade apenas com a melhora do sono. Nem é tão complicado assim mudar. Basta um pouco de organização e comprometimento.

Pra terminar, uma dica bem legal pra dormir melhor que uso e funciona sempre: pingue cerca de 5 gotas de óleo essencial de bergamota em um pedaço de algodão e deixe próximo da cabeceira da cama antes de deitar (coloque em cima de algo plástico ou de um pratinho pra não manchar o que estiver embaixo). Repita por três a sete dias. Depois volte aqui pra me contar. ;-)

E boas noites.

::::::::

Leia também:

A força e a beleza dos cabelos curtos

1 Comment

Quando se fala em cortar os cabelos curtos muitas pessoas pensam que é um sacrifício. Não para as belas mulheres que conheço, começando com minha mãe que, desde que tinha a idade que tenho hoje, usa os fios curtos – e sem tingir! Para essas figuras femininas cheias de personalidade, cortar os cabelos é apenas parte de sua força – que está na alma e não em penteados de propaganda de shampoo.

Na maioria das vezes, cabelos compridos existem para agradar aos outros (principalmente os homens que precisam se afirmar e tem personalidade machista) e não porque a mulher realmente curte ter cabelos longos. É quase uma muleta para quem acredita, normalmente sem razão, que não tem um rosto bonito o suficiente para dar conta de tosar a cabeleira.

Por essas e outras preciso dizer que mulheres que escolhem ter cabelos curtos sabem o que querem e gostam muito de si mesmas. Têm personalidade e apreciam a liberdade de não depender da opinião dos outros para se sentirem belas. E elas são, ah, são mesmo.

Não faltam figuras, principalmente estrangeiras (muito menos ligadas a estereótipos determinados pelos homens), famosas para endossar a delícia de aderir ao estilo: Anne Hathaway disse que não queria deixar crescer nunca mais depois que raspou a cabeça para Os Miseráveis, Michelle Williams virou garota propaganda de uma marca mundial de fios curtos mas já é adepta há tempos.

Ontem li um texto sensacional, no site Papo de Homem, assinado por Everton Maciel que fala exatamente sobre isso e deixo aqui em homenagem a todas as minhas companheiras de madeixas curtas. Estou cercada por elas – ainda bem!

Não existe alguém totalmente louco. Nem Nero. Todo mundo que é louco não passa de “meio louco”. Explico: metade do tempo o indivíduo está louco e a outra metade está se aproveitando da sua condição de louco. Mesmo Nero, no ápice da sua sandice, sabia o que devia respeitar. Mulheres de cabelos curtos exigem sobriedade, inclusive dos loucos.

Uma mulher de cabelo curto é o seguinte: ela tem uma informação para te dar; e ela não pergunta se você quer ser informado. Mulher de cabelo curto, simplesmente, informa. O resto que se dane. Mulher de cabelo curto diz o seguinte: eu tenho minha autoestima no lugar e não preciso de nada que venha de você.

A mulher de cabelo comprido precisa de algum artefato histórico para se manter próxima da sua feminilidade. Algo como um tipo de identidade socialmente especial. Parece um advogado que conheci no século passado. Quando era parado por uma blitz de trânsito o cara apresentava a carteirinha da OAB, no lugar da CNH. Mulher de cabelo curto não precisa de atestado protocolado em cartório para ser mulher. Ela não precisa daquela sensação pré-civilizatória de ser puxada pelos cabelos por um hominídeo com tacape na mão.

Toda velha sensata se torna uma mulher de cabelo curto. Toda velha biruta mantém as crinas compridas, enormes, atrasando o processo darwinista de evolução da espécie.

Quanto mais velho melhor. A comparação entre a idade das pessoas e dos vinhos é parcialmente verídica. Como qualquer coisa parcialmente verdadeira também é parcialmente falsa, sugiro que possamos aprimorar a endoxa. Mulheres são como os vinhos. As boas, quanto mais velhas, melhores. As ruins, com o tempo, viram vinagre. Idênticas aos vinhos. Mulher de cabelo curto é bebida fina. É pinot noir 2008. É a diferença entre uísque e scotch! É preciso ter qualidade de puro malte para o processo de maturação se adiantar ao envelhecimento pelo calendário gregoriano. Já viu mulher de cabelo curto preocupada com o calendário gregoriano? Convenções e engendramentos sociais? Bem capaz! A mulher de cabelo curto é um scotch 12 anos com maturação de 18.

Vinhos, scotchs e mulheres de cabelos curtos. Eis aquilo que separa os homens das codornas. A loira gelada, e geralmente cabeluda, é o melhor que um menino pode querer. Um dia, todo mundo se acostuma com o que pode vir a ter na vida. Meninos acham mulheres cabeludas o máximo. São codornas. Não foram apresentados aos scotchs e a uma mulher de cabelo curto. Mulher de cabelo curto não serve para publicitário fazer roteiro de propaganda de cerveja.

A mulher de cabelo curto entra em qualquer lugar como se ela fosse dona. Mulher de cabelo comprido precisa virar o pescoço para olhar com atenção. Mulher de cabelo curto só precisa mover os olhos. Mulher de cabelo comprido precisa ter atenção. Mulher de cabelo curto chama atenção por onde passa.

Não há nada para atrapalhar uma mulher de cabelo curto. Nem loiras geladas. Nem codornas mimadas.

A personalidade da mulher de cabelo curto é como um tipo especial de olho azul: ou nasce com, ou vive uma vida toda admirando no rosto dos outros. Mulher de cabelo curto não escolhe cortar o cabelo. Seria como colocar lentes de contato e pagar o preço do papel ridículo. A nós, homens, resta o esforço de procurar mulheres com personalidade.

E a sorte para encontrar uma mulher de cabelo curto.

Minha mãe, com quarenta e poucos anos, não estava nem aí com o que pensavam sobre seus cabelos curtíssimos para os anos 80. Eu sempre achei o máximo! :)

Minha mãe, divando com 40 e poucos anos, não estava nem aí com o que pensavam sobre seus cabelos curtíssimos para os anos 80. Sempre achei o máximo, mas só mais velha tive personalidade para cortar.

::::::::

Você também pode se interessar:

 

Boas compras: lipbalm Labot

Leave a comment

Sempre que descubro um produto novo, que tem a ver com minhas novas escolhas de vida e gosto, publico aqui no blog pra dividir com vocês os benefícios que ele me trouxe. Assim penso que ajudo a disseminar aquilo que faz bem e as empresas que se preocupam com a gente, ao invés de somente visar lucro.

Depois de testar por algumas semanas os lipbalms – também conhecidos como protetores labiais – da Labot posso dizer que estou apaixonada. Eles são cremosos sem ser grudentos, têm perfumes suaves e deliciosos, e (mais importante de tudo) cumprem aquilo que prometem usando apenas ingredientes naturais. Nada de parabenos, nada de zilhões de químicas desconhecidas.

Olha a carinha deles:

Linha de lipbalms da Labot

A linha – chamada de LIPX – tem três produtos que podem ser usados em conjunto ou separadamente, dependendo do que você procura. O Moisturizing Lipbutter tem ação super hidratante, para hidratar lábios muito ressecados ou que se ressecam com facilidade. Foi o primeiro que testei e o resultado me surpreendeu. Em alguns dias minha boca, que estava em um estado deplorável por conta do vento frio, ganhou maciez e até uma cor diferente. O aroma é floral e a hidratação do óleo de coco presente na fórmula garante proteção para o dia a dia. Uma dica legal é usá-lo como primer, aplicando uma camada fina um pouco antes do batom, o que evita aqueles acúmulos nas partes mais ressecadas e faz a maquiagem durar mais tempo.

Resolvi então testar o Polish Lipbutter, indicado para uso durante a noite, por conta de seus princípios esfoliantes que ajudam a acabar com aquelas peles soltas que sobram em lábios ressecados como estavam os meus. Usei por dois dias seguidos, alternando com o primeiro e – confesso que fiquei surpresa – quando passava os dedos sobre os meus lábios as peles se soltavam facilmente, deixando minha boca como nova.

Minha última escolha acabou se tornando o meu favorito: o Salve Lipbutter. Seu efeito calmante trata os lábios e sua textura leve me encantaram. A formulação leva óleo de argan – um dos queridinhos da cosmética por suas propriedades reestruturadoras e antiinflamatórias – e manteiga de abacate, que protege contra os temidos radicais livres e ajuda a repor a barreira epidérmica da sensível pele dos lábios.

Nas fotos abaixo (tiradas com celular, me deem um desconto, ok?) você confere o antes e depois.

Antes: meus lábios extremamente ressecados, com fissuras e peles soltas.

Antes: meus lábios extremamente ressecados, com fissuras e peles soltas.

Depois: pele recuperada, volume e maciez.

Depois: pele recuperada, volume e maciez.

O valor de um bastão é R$ 21. Um pouco salgado, principalmente porque a empresa fica fora de São Paulo e cobra frete para enviar os produtos. Mas mesmo assim os considero um “must have“.

Melhor de tudo: nem as matérias-primas nem os produtos da marca são testados em animais! Totalmente “cruelty free“. Não é sensacional?

Para comprar visite o site da Labot em http://labot.com.br/loja/

::::::::

Veja também:

Vinagre de maçã: fios extra brilhantes

6 Comments

Nessa minha caminhada por uma vida mais saudável estou tentando eliminar ao máximo os produtos processados e com muitos aditivos químicos. Na hora de comer isso não é tão complicado, mas quando se fala em produtos de higiene e beleza a coisa fica feia.

Há muitos anos conheço as propriedades do vinagre de maçã como agente de limpeza e de brilho para os cabelos. Mas confesso que aqueles vinagres de cozinha normais nunca me convenceram muito pois são pura mistura de químicos e muito pouca maçã. Como a febre pelos produtos orgânicos aumenta a cada dia (thanks god!) resolvi fuçar um pouco e ver se conseguia encontrar um vinagre de maçã natural.

E não é que eu achei? :)

Vinagre de Maçã OrgânicoEstou usando esse da foto: Vinagre Orgânico de Maçã São Francisco. Feito somente de maçãs orgânicas. Não tem conservantes, acidulantes, corantes e todos os “antes” que estamos tão acostumados a ver nos rótulos das embalagens.

Normalmente são mais caros que os outros vinagres, mas como se usa pouco a cada aplicação, vale a pena investir. Eu paguei cerca de R$ 15 na garrafa de 500 ml.

O problema é encontrar em supermercados. Quando isso acontece normalmente os preços são inviáveis. Recomendo comprar na Estação dos Grãos, uma loja em Perdizes que também tem loja virtual no site e entrega via Correios em todo o Brasil (eles possuem uma ampla gama de produtos orgânicos e a granel).

Meus cabelos não são nem lisos e nem crespos. São aquela variante que “não sabe ao certo o que quer ser”. Sempre me deixaram maluca por conta disso e, por anos e anos, escolhi alisar os fios. Fiz todos os tipos de procedimento: escova japonesa, definitiva, temporária, inteligente. Mas com minhas mudanças internas decidi que não queria mais fazer esse tipo de procedimento químico tão forte. Comecei a tratar os fios e eles foram ficando mais hidratados (as doses ultrarápidas de hidratação lançadas nos últimos anos ajudaram bastante), mas eu ainda queria algo mais natural.

Efeito de brilho depois do uso do vinagre de maçã O vinagre foi perfeito. Costumo aplicar uma ou duas vezes por semana, depois que lavo os cabelos e hidrato rapidamente com pouquíssimo condicionador (às vezes dispenso). Coloco um dedo de vinagre em um copo e levo para o banheiro. Depois de tirar bem o condicionador, torço os fios, completo o copo com um pouco de água morna do chuveiro e, com a cabeça inclinada pra trás, jogo a mistura nos cabelos. Costumo não enxaguar depois disso, mas vc pode passar a cabeça rapidamente sob a água pra retirar o excesso.

O cheiro de vinagre fica nos cabelos somente até que ele seque completamente. Como sempre que lavo os fios acabo secando com secador, não tive problemas com isso. O resultado você confere na foto abaixo: um brilho sensacional. E outro efeito que o produto teve nos meus cabelos foi que o fechamento das cutículas acabou deixando os fios bem mais lisos naturalmente. Ou seja, apaixonei pra sempre.

::::::::

Leia também:

Transições

2 Comments

A vida é cheia de fases e, para que elas se tornem positivas, acredito que devemos dar mais atenção às transições. Foi por esse motivo que resolvi tornar o blog ainda mais abrangente do que somente uma busca pela perda de peso. Acho que é um bom lugar para discutir também minha tentativa de tornar mais branda a transição para uma idade mais avançada. Eu sei, gente, não sou VELHA. Estou apenas falando sobre aceitar algumas mudanças que estão acontecendo comigo e parecem se acelerar depois dos 40.

Tudo começou quando minhas raízes brancas começaram a crescer nesse início de ano e resolvi pensar um pouco mais sobre as opções de tingimento de cabelos que fossem menos agressivas e me permitissem, no futuro, migrar para cabelos grisalhos sem todo o estresse que normalmente essse tipo de atitude desencadeia. Adoro o visual de quem assume os fios brancos. Tenho aqui em casa o melhor exemplo, já que minha mãe não tinge os cabelos desde antes de completar 40 anos. Exemplos mais conhecidos não faltam: Judy Dench é um de meus favoritos e também Jamie Lee Curtis.

Então pensei que o blog, além de falar sobre o meu processo de emagrecimento, poderia ajudar também quem quer envelhecer de forma mais natural, tentando manter a linha, a dignidade e (por que não?) a beleza mesmo com a passagem do tempo.

Para ‘selar’ esse dia de início de transição (pelo menos no que compete aos meus fios grisalhos) fui ao salão falar com a minha querida Gorete – responsável por meus cabelos há anos e também quem transformou minhas sobrancelhas com maquiagem definitiva (o que mudou a minha expressão de uma maneira sem igual e você pode ler o post sobre isso aqui). Queria perguntar a ela a melhor maneira de começar esse processo para não ficar com cara de desleixada, pois tenho uma quantidade razoável de cabelos brancos e ao deixá-los crescer a imagem poderia não ser tão bonita.

Pensei em usar henna natural. Mas quando eu quisesse tirar seria difícil e os fios brancos ficariam muito tempo com aspecto amarelado, já que a versão natural vermelha é a única que não contém metais pesados e seria minha escolhida. Mas Gorete me explicou que seria melhor optar por um tonalizante como o Colour Touch, em uma nuance próxima da cor natural dos meus cabelos. Assim os fios brancos ficam um pouco mais claros que a cor natural e quando eu quiser tirar e assumir de vez os brancos é só parar de aplicar que os cabelos vão voltando ao estado natural com as lavagens. Gostei da ideia e já agendei meu horário. Depois conto pra vocês o que achei do resultado.

E vocês? O que acham dos fios brancos?

 

Sobrancelhas novas

4 Comments

Sei que o assunto maquiagem definitiva assusta algumas pessoas e tenho de ser sincera: existem muitos profissionais mal preparados por aí. Eu mesma me decepcionei algumas vezes e achei que nunca mais teria as sobrancelhas dos meus sonhos.

Tive sorte. Descobri por acaso que, Goretti Nogueira, a proprietária do salão de beleza que frequento há alguns anos é uma especialista nisso, uma artista.

Minha autoestima estava no limite com o sobrepeso. Quando comecei a tomar o remédio para a queda de cabelo, todos os fios começaram a crescer – incluindo minhas sobrancelhas (cujos fios são extremamente grossos e o desenho cheio de falhas). Agora imagine que você tem um desenho de sobrancelha feito de forma errada, fora do traçado original, mas não sabe disso. Os pelos começam a nascer abaixo da linha desenhada na sua pele e você descobre que durante anos aquilo foi feito de um jeito que, é claro, impedia que os pelos nascecem no lugar correto, pois você os arrancava!

Fiquei extremamente chateada. Como faria para corrigir isso?

Foi quando falei com a Goretti, do Gahanne Beauty (os dados de contato estão na página Eu indico do blog e no final deste post). Ela me disse que poderia apagar o traçado errado e redesenhar as sobrancelhas seguindo o arco original.

Confesso que fiquei desconfiada. Apagar? Como? Mas depois descobri que, com um líquido especial que atrai os pigmentos metálicos, era possível retirar a tinta da pele. Não vou mentir: foi um processo longo, que exigiu algumas sessões intervaladas para cicatrização da intervenções, mas o resultado final é simplesmente sensacional. O desenho anterior sumiu e os arcos foram totalmente redefinidos.

Por um valor médio de 600 reais (que pode ser parcelado), agora tenho as sobrancelhas que sempre quis. E a diferença em minha expressão e nos contornos dos olhos não tem preço.

Image

::::::::

Gahanne Beauty: Avenida Pavão, 110, Moema, São Paulo, SP. Tel: 11 3892-3575.